Santa Cruz 5 x 1 Grêmio - Sem valer nada, Santinha humilha reservas do Tricolor

A Cobra Coral marcou três gols após os 40 do segundo tempo e passou fácil pelo Grêmio, que está focado na Copa do Brasil

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 27 (AFI) – Quis o destino que o Santa Cruz começasse e terminasse o ano de sua volta à Série A, no estádio do Arruda, no Recife, dando um pouco de alegria aos seus torcedores. Nos dois primeiros jogos do Campeonato Brasileiro, goleadas por 4 a 1 sobre Vitória e Cruzeiro e até a liderança na tabela de classificação. Neste domingo, no último como mandante, mais um placar elástico - 5 a 1 no Grêmio, pela 37.ª e penúltima rodada da competição. Pena que no meio disso

tudo o time não foi bem e tem de amargar o rebaixamento à segunda divisão nacional.

Com 31 pontos, o Santa Cruz deve mesmo terminar o Brasileirão na 19.ª e penúltima colocação. Isso porque tem três pontos a mais e um saldo de gols infinitamente maior que o lanterna América-MG (-19 a -34). No próximo domingo, se despedirá da Série A contra o São Paulo, no estádio do Pacaembu, na capital paulista, às 17 horas.

Já o Grêmio, que foi ao Recife com um time todo reserva - até o treinador era reserva, já que Renato Gaúcho ficou em Porto Alegre e a equipe foi comandada pelo auxiliar James Freitas -, volta as suas atenções à decisão da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, contra o Atlético Mineiro, às 21h45, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Na ida, em Belo Horizonte, ganhou por 3 a 1 e está perto do título. Pelo Brasileirão, em que é o oitavo colocado com 53 pontos, fecha o campeonato contra o Botafogo, no próximo domingo, também em casa, às 17 horas.

Uma das motivações para o Santa Cruz na última rodada será ajudar o centroavante Grafite, grande ídolo da torcida, a ser o artilheiro do Brasileirão. Neste domingo, depois de um primeiro tempo fraco, pernambucanos e gaúchos resolveram jogar e os gols saíram em profusão. Grafite fez dois, aos 3 e aos 42 minutos, e chegou a 13, apenas um a menos que Fred, do Atlético Mineiro.

Pouco depois que Grafite marcou o primeiro gol, o Grêmio conseguiu o empate com o atacante equatoriano Miller Bolaños, aos 7 minutos. O veterano Leo Moura fez o segundo do Santa Cruz, aos 15, em uma bola que entrou por pouco após defesa do goleiro Léo. Nos minutos finais, o time pernambucano abriu a sua artilharia e anotou mais três vezes para sacramentar a goleada - o lateral-esquerdo Roberto, aos 40, Grafite e o atacante Arthur, aos 44.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
37ª rodada
Data
27/11/2016
Horário
19h30
Local
Arruda - Recife (PE)
Árbitro
Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Renda
R$ 13.795,00.
Assistentes
Pablo Almeida da Costa (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)

Público
2.227 pagantes.
Cartões Amarelos
Santa Cruz-PE: Keno, Léo Moura, Derley
Grêmio-RS: Wallace Reis, Miller Bolaños, Kaio, Guilherme Amorim

Gols
Santa Cruz-PE: Grafite 4' 2T, Léo Moura 15' 2T, Roberto 40' 2T, Grafite 42' 2T, Arthur 44' 2T
Grêmio-RS: Miller Bolaños 8' 2T
Santa Cruz-PE
Tiago Cardoso;
Vítor, Neris, Luan Peres e Roberto;
Derley, Léo Moura e João Paulo;
Arthur, Keno (Pisano) e Grafite.
Técnico: Adriano Teixeira
Grêmio-RS
Léo;
Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Wallace Reis e Iago;
Guilherme Amorim (Moisés), Kaio e Negueba (Ty Sandows);
Miller Bolaños, Pedro Rocha e Henrique Almeida (Batista).
Técnico: James Freitas (auxiliar)