Figueirense 1 x 0 Fluminense - Figueira 'passa' jejum ao Tricolor

O time catarinense encerrou uma sequência de novo jogos sem vencer os cariocas chegaram ao nono sem vitória

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 27 (AFI) - O Fluminense não sabe o que é vence há nove jogos. Na noite deste domingo, encarou o Figueirense no Orlando Scarpelli e voltou para o Rio de Janeiro com uma

derrota por 1 a 0 na mala. Se o Tricolor chegou a uma marca negativa, o Furacão encerrou justamente uma sequência de nove jogos sem vencer.

Com o resultado, o Fluminense caiu para a 12ª colocação, com 49 pontos. O Figueira, que já está rebaixado desde a rodada passada, é o 18º, com 37 pontos.

FEZ E PRONTO
O Figueirense entrou em campo a todo vapor, muito mais ligado que Fluminense. Tanto que com menos de um minuto de bola rolando os donos da casa já deram o primeiro susto nos visitantes. Rafael Mourou tocou para Lins, que tirou Henrique da jogada e chutou para boa defesa do goleiro Júlio César.

O Flu tentou colocar a bola no chão e trabalhar com mais calma, mas não teve muito sucesso, apesar de arriscar algumas investidas. Enquanto isso, o alvinegro catarinense conseguia trocar passes no campo de ataque e busca espaços para invadir a área tricolor, principalmente pelo lado direito.

Com gol solitário do zagueiro Marquinhos (foto) o Figueira vence o Fluminense no Orlando Scarpelli. Foto: figueirense.com.br
Com gol solitário do zagueiro Marquinhos (foto) o Figueira vence o Fluminense no Orlando Scarpelli. Foto: figueirense.com.br

Depois de algumas tentativas frustradas, o Figueirense encontrou na bola área a arma ideal para abri o placar. Aos 17 minutos, Marquinhos aproveitou cruzamento em cobrança de falta de Marquinhos Pedroso para testar firme para o fundo da rede tricolor. Após o gol, o Fluminense tentou, mas não ofereceu muito perigo. Antes do intervalo, ainda deu tempo de Rafael Moura mandar uma bola no travessão e quase ampliar o marcador.

SEM EMOÇÃO
O segundo tempo começou em um ritmo diferente e o jogo ficou mais truncado, com muitas faltas desde os primeiros minutos. A falta de criatividade pesou bastante e os lances de ataque se limitavam à jogadas individuais e chutes de longa distância, que não se mostravam muito eficientes.

Depois de um momento de equilíbrio, o Figueira passou apenas a observar o Fluminense, que seguia com a posse de bola, mas ainda se limitava aos lances individuais sem sucesso na tentativa de empatar a partida.

Mesmo nos contra-ataques, o time da casa não conseguia articular boas respostas a também não tão forte pressão tricolor. Assim, sem maiores emoções, o jogo se arrastou até o apito final, que definiu a nona derrota seguida do Fluminense.

PRÓXIMOS JOGOS
Na despedida da Série A, o time catarinense pega na última rodada o Sport, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, no próximo domingo, às 17 horas (de Brasília). O Fluminense receberá o Internacional no estádio do Maracanã, no mesmo horário, e briga por vaga na Copa Sul-Americana contra um time gaúcho desesperado para não cair.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
37ª rodada
Data
27/11/2016
Horário
19h30
Local
Orlando Scarpelli - Florianópolis (SC)
Árbitro
Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Renda
R$ 21.870,00
Assistentes
Leirson Peng Martins (RS) e Mauricio Coelho Silva Pena (RS)

Público
1.910
Cartões Amarelos
Figueirense-SC: Bruno Alves, Yago, Lins
Fluminense-RJ: Igor Julião, Pierre, Cícero

Gols
Figueirense-SC: Marquinhos 18' 1T
Figueirense-SC
Gatito;
Bruno Alves, Marquinhos e Werley;
Dudu (Jefferson), Renato (João Pedro), Yago, Matheusinho e Marquinhos Pedroso;
Lins (Ferrugem) e Rafael Moura.
Técnico: Marquinhos Santos
Fluminense-RJ
Júlio César;
Igor Julião, Ygor Nogueira, Henrique e Giovanni;
Pierre (Maranhão), Cícero e Danilinho (Pedro);
Richarlison (Dudu), Wellington e Henrique Dourado
Técnico: Marcão