Fluminense 1 x 2 Flamengo - Com confusão, "cheirinho" volta a ficar forte

Em um jogo de muita polêmica, o Rubro-Negro levou a melhor e diminuiu a diferença para o líder para um ponto

por Agência Futebol Interior

Volta Redonda, RJ, 13 (AFI) – Com direito a muita confusão, o emocionante Fla x Flu da noite desta quinta-feira terminou em vitória do Flamengo por 2 a 1, que coloca o Rubro-Negro novamente na cola do líder Palmeiras. A partida aconteceu no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, e foi válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Já sabendo do tropeço do Palmeiras diante do Cruzeiro na rodada, o Flamengo buscou a vitória e agora chega a 60 pontos, ficando apenas com um ponto a menos que o líder. Já o Fluminense chega a sua segunda derrota seguida, ficando com os mesmos 46 pontos. O Fluminense termina a rodada em 6º.

Duas confusões marcaram o confronto. No intervalo, torcedores dos dois times se estranharam em uma campanha beneficente entre os sócio-torcedores. Já no fim da partida, uma indecisão da arbitragem quanto a um impedimento de Henrique causou muita revolta, com 13 minutos de paralisação.

CHEIRINHO FICOU FORTE
Como já era de se esperar, o Fla x Flu começou movimentado. Logo no primeiro minuto, o Fluminense saiu rápido ao ataque e o atacante Richarlison arriscou uma bomba de fora da área. O chute saiu com perigo. A resposta foi de Leandro Damião e veio logo na sequência. Em lançamento para a área, Diego desviou e Damião chegou dividindo, mas foi bem travado pela zaga.

Apesar do susto no início, o Flamengo pressionava mais. Um escanteio de Alan Patrick aos 10 também levou perigo, mas Damião deu de zagueiro. Porém o gol veio um minuto depois e dessa vez o atacante não perdoou. Diego cobrou falta na pequena área, Damião chegou dividindo com William Matheus e conseguiu mandar para o gol.

Aos 23, o Flamengo voltou a assustar em um bom chute de Willian Arão de fora da área. O volante achou espaço e arriscou com perigo. O Flu mostrou que estava vivo aos 30. Depois de embolação na área, a bola sobrou limpa para Marcos Júnior, que bateu para fora. A última chance no primeiro tempo foi novamente de Damião, mas o atacante perdeu grande chance.

TRETA NO INTERVALO
Durante uma campanha de marketing no intervalo entre sócios-torcedores dos dois clubes, um torcedor do Flamengo cobrou um pênalti e provocou a torcida rival. Um torcedor do Flu que estava na campanha chegou empurrando o rival. Os dois foram retirados pela polícia.

ELETRIZANTE
Os times não diminuíram o ritmo na segunda etapa. Logo com 1 minuto de jogo saiu o gol de empate do Flu. Scarpa cruzou da direita e Cícero completou de cabeça. O lance serviu Marcos Júnior, que apareceu livre para tocar para o gol e empatar a partida. Mas a felicidade Tricolor não durou muito. Aos 8 minutos, Pará mandou uma bola despretensiosa para a área, mas Wellington Silva furou. A sobra foi de Fernandinho, que só precisou tirar de Júlio César.

Após voltar a ficar em vantagem, o Flamengo encontrou pressa para tentar definir o jogo logo e se afobou muito nas jogadas de ataque. Já o Fluminense começou tudo de novo na busca pelo empate. Sem Gustavo Scarpa em um dia inspirado, o Tricolor encontrou dificuldades para furar o bloqueio Rubro-Negro.

O TEMPO FECHOU
Entretanto, o Flamengo passou a dar a bola para o Flu e a se fechar. Com isso, o Fluminense conseguiu marcar com Henrique de cabeça aos 39 minutos. Entretanto, o bandeira marcou impedimento. O árbitro Sandro Meira Ricci bancou o gol e apontou para o centro de campo. Uma confusão se generalizou, após uma possível denúncia do impedimento no banco de reservas. Após 13 minutos de muita confusão e jogo parado, o árbitro tornou a anular o gol de empate do Fluminense.

A bola voltou a rolar com muita tensão e o Fluminense ainda quase voltou a empatar. Depois de cruzamento na área, Wellington Silva chutou e tentou três vezes, mas o goleiro Muralha conseguiu evitar o gol.

PRÓXIMOS JOGOS
Com pretensões de alcançar a ponta da tabela já na próxima rodada, o Flamengo tem missão fora de casa diante do desesperado Internacional, que briga contra o rebaixamento. A partida acontece no Estádio Beira-Rio, às 17h do próximo domingo. Já o Fluminense fecha a 31ª rodada na próxima segunda-feira. O Fluzão enfrenta o São Paulo em casa, no Estádio Edson Passos, às 20h.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
30ª rodada
Data
13/10/2016
Horário
21h00
Local
Raulino de Oliveira - Volta Redonda (RJ)
Árbitro
Sandro Meira Ricci (SC)

Renda
R$ 362.350,00
Assistentes
Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

Público
9.008 presentes (11.166 no total)
Cartões Amarelos
Fluminense-RJ: Wellington Silva, Gustavo Scarpa
Flamengo-RJ: Jorge, Alan Patrick

Gols
Fluminense-RJ: Marcos Junior 1' 2T
Flamengo-RJ: Leandro Damião 12' 1T, Fernandinho 8' 2T
Fluminense-RJ
Júlio César;
Wellington Silva, Gum , Henrique e William Matheus;
Pierre(Marquinho), Cícero e Gustavo Scarpa;
Marcos Júnior (Magno Alves), Wellington e Richarlison (Henrique Dourado).
Técnico: Levir Culpi
Flamengo-RJ
Alex Muralha;
Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge;
Márcio Araújo, Willian Arão, Diego e Alan Patrick (Everton);
Leandro Damião (Emerson Sheik) e Fernandinho (Marcelo Cirino).
Técnico: Zé Ricardo