Atlético-PR x São Paulo - Irregular, Furacão encara Tricolor embalado

Ao menos, os paranaenses podem contar com um excelente retrospecto, já que nunca perderam para os paulistas na Arena da Baixada

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 17 (AFI) – Alternando entre vitórias e derrotas, o Atlético-PR volta a campo neste domingo pela Série A do Campeonato Brasileiro. O adversário da vez é o São Paulo, que vem motivado após duas vitórias seguidas. A partida, válida pela 26ª rodada, será realizada na Arena da Baixada, às 16 horas.

Em situações parecidas na tabela, Furacão e Tricolor ainda sonham com uma vaga no G4. Os paranaenses estavam mais próximos do objetivo, mas não vêm conseguindo manter uma regularidade nos últimos jogos. A última vez que o clube conseguiu vencer duas partidas seguidas foi na 13ª e 14ª rodada. Agora aparecem na décima posição, somando 36 pontos, seis atrás do Santos, quarto colocado.

Com apenas dois pontos a menos, 34, o São Paulo aparece na 12ª posição. Apesar de conseguir duas vitórias nos dois últimos jogos, essas foram sobre adversários também fragilizados. Se quiser continuar sonhando com uma vaga na Libertadores, o Tricolor precisa vencer também os jogos difíceis, algo que não vem ocorrendo.

ANDRÉ LIMA E MAIS 10
Como de costume, o técnico Paulo Autuori não revelou o time que entrará em campo, apenas garantindo André Lima no ataque. O treinador, porém, afirmou que a base do time será a mesma do jogo passado, quando foi derrotado para o Santa Cruz por 1 a 0. Hernani, que foi substituído por dores musculares, também pode jogar. Os jogadores João Pedro, Deivid e Nikão seguem em recuperação final e estão descartados para este jogo.

'Vamos enfrentar uma equipe que tem crescido e que mudou claramente a maneira de jogar', alertou Paulo Autuori - Foto: Gustavo Oliveira/Atlético-PR
'Vamos enfrentar uma equipe que tem crescido e que mudou claramente a maneira de jogar', alertou Paulo Autuori

O Furacão conta com um retrospecto impressionante jogando contra o São Paulo, na Arena da Baixada. Em 14 jogos disputados entre 1995 e 2015 pelo Brasileirão, a equipe venceu dez vezes e empatou as outras quatro partidas. Paulo Autuori, entretanto, reconheceu a melhora do adversário e sabe que não terá vida fácil.

“Vamos enfrentar uma equipe que tem crescido e que mudou claramente a maneira de jogar. Então, esperamos muitas dificuldades. Considero o Ricardo Gomes um irmão e sei como ele trabalha. Já mudou a maneira da equipe jogar, principalmente na parte defensiva. Mas vamos tentar desenvolver um jogo que nos permita ganhar”, disse.

EM CRESCIMENTO
Apesar de nunca ter vencido os adversários, o São Paulo vem de duas vitórias seguidas, algo inédito no campeonato. O reforço Jean Carlos, que veio do Vila Nova, se recupera de um desconforto muscular e ainda não possui condições para estrear. Michel Bastos treinou com os reservas, mas não deve ser utilizado por opção da comissão técnica, já que o jogador ficou abalado após confusão com os torcedores. O zagueiro Rodrigo Caio, que ficou de fora da convocação de Tite, disse o que espera do confronto.

Apesar de nunca ter vencido os adversários, o São Paulo vem de duas vitórias seguidas, algo inédito no campeonato - Foto: Miguel Schincariol/saopaulofc.net
Apesar de nunca ter vencido os adversários, o São Paulo vem de duas vitórias seguidas, algo inédito no campeonato

“Sabemos da dificuldade, mas precisamos entrar ainda mais focados. Sabendo que fora de casa não pode ficar atrás, precisa jogar como São Paulo para buscar os resultados. Precisamos somar fora de casa, que é uma dificuldade. Podemos almejar isso. Tem de pensar a cada jogo. Primeiro precisa pensar domingo, nunca conseguimos vencer lá. Conseguir uma vitória e depois sim pensar em G4”, avaliou.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
26ª rodada
Data
18/09/2016
Horário
16h00
Local
Arena da Baixada - Curtiba (PR)
Árbitro
Anderson Daronco (RS)

Renda
R$ 422.630,00
Assistentes
Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) e Antônio João do Prado Lima Albornoz (RS)

Público
15.216 pagantes (17.614 total)
Cartões Amarelos
São Paulo-SP: Dênis

Gols
Atlético-PR: Pablo 34' 2T
Atlético-PR
Weverton;
Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas;
Otávio, Hernani, Pablo e Matheus Rosseto (Luciano Cabral depois Renan Paulino);
Lucas Fernandes (Juninho) e André Lima.
Técnico: Paulo Autuori
São Paulo-SP
Denis;
Buffarini, Maicon (Lyanco), Rodrigo Caio e Mena;
Hudson, Thiago Mendes, Wesley (Michel Bastos), Cueva e Kelvin (Robson);
Chávez.
Técnico: Ricardo Gomes