Eliminatórias: Neymar rebate boliviano: 'Pode dar cotovelada, mas driblar não"

Os jogadores bolivianos se irritaram com uma suposta "soberba" do craque

por Agência Estado

São Paulo, SP, 13 - O estilo de jogo de Neymar voltou a ser assunto depois da goleada por 5 a 0 da seleção brasileira sobre a Bolívia na quinta-feira passada, pelas Eliminatórias. O atacante do Barcelona foi mais uma vez um dos destaques da partida pelos passes, gols e, principalmente, dribles. Mas os jogadores bolivianos se irritaram com uma suposta "soberba" do craque, como deixou claro o atacante Yasmani Duk após a partida.

Duk, aliás, também se tornou um dos protagonistas daquele confronto ao acertar uma cotovelada que resultou em um corte no supercílio de Neymar. Nesta quinta-feira, o brasileiro respondeu ao rival, que chegou a pedir "respeito" ao craque. O jogador do Barcelona garantiu que não alterará seu estilo de jogo e ainda ironizou o boliviano.

Contra Bolívia, Neymar sofreu muitas faltas e também cotovelada no supercílio
Contra Bolívia, Neymar sofreu muitas faltas e também cotovelada no supercílio
"Eu não vou mudar, tenho certeza disso. Eles têm que saber que, quando entro em campo, tenho meu jogo. E meu jogo é esse: driblar, fazer gols, criar jogadas. E sou feliz assim. Se eles não estão, não posso fazer nada. Podem dar cotoveladas e pontapés, mas driblar não pode. Isto está cada vez mais difícil, mas não posso fazer nada. Não vou mudar meu jogo", disse no evento de um patrocinador em Barcelona.

Quem também está convencido de que Neymar deve manter seu estilo é o argentino Diego Maradona. Na última quarta-feira, o grande ídolo do futebol argentino em todos os tempos deixou a rivalidade com o Brasil de lado, elogiou o atacante e o equiparou a Messi e Cristiano Ronaldo. "Encanta-me vê-lo jogar", chegou a dizer Maradona.

Como não poderia deixar de ser, as palavras chegaram a Neymar, que respondeu nesta quinta. "Para mim, é uma grande honra receber essas palavras de um craque, que fez muitas coisas pelo futebol mundial. É motivo de muita felicidade saber disso."

Outro que tem sido só elogios a Neymar é o técnico Tite. Os dois juntos, aliás, foram responsáveis pela volta por cima da seleção brasileira, que emendou quatro vitórias consecutivas e assumiu a liderança das Eliminatórias. O atacante não escondeu a admiração e até a surpresa pelo trabalho do treinador à frente do País.

"A chegada do Tite mudou a seleção. Não o ambiente que tínhamos dentro antes, pois já era bom, mas acho que levou esse bom ambiente para fora. Todo mundo está mais leve. E o Tite também me surpreendeu muito como treinador. É um dos mais bem preparados e um dos melhores com quem já trabalhei. Isso posso dizer apesar do pouco tempo com ele. Está sendo um grande prazer ser jogador do Tite."