Série B: Sem tempo para lamentar, Brasil de Pelotas já pensa no Londrina

Com a derrota para o Bahia, o time do técnico Rogério Zimmermann segue na oitava colocação com 45 pontos ganhos

por Agência Futebol Interior

Pelotas, RS, 15 (AFI) - Na terra de todos os santos, o Brasil de Pelotas não teve vez. Na Fonte Nova, em Salvador, o Brasil não conseguiu superar o Bahia e foi derrotado por 1 a 0, em partida válida pela 31ª rodada da Série B do Brasileirão. O único gol da partida foi marcado por Wesley Natã. A equipe Xavante conseguiu equilibrar a partida na primeira etapa, teve oportunidades de marcar, porém não foi efetivo e viu os donos da casa saírem com a vitória. Com a derrota, o time do técnico Rogério Zimmermann segue na oitava colocação com 45 pontos ganhos.

Agora, sem tempo, todos as atenções se voltam para o próximo desafio no nacional. Na próxima terça (18), o Brasil recebe o Londrina no estádio Bento Freitas. A partida está marcada para começar às 21h30.

BOM PÚBLICO
Com grande público na Arena Fonte Nova, e claro, um bom número de torcedores Xavantes – como sempre – a partida começou agitada. Logo a um minuto, Hernane tentou a conclusão após cruzamento, mas furou de bola. O Brasil teve boa chance aos 13. Marlon levantou bola para a área, no rebote Galiardo chutou forte, mas a bola saiu por cima da meta de Muriel.

Nove minutos depois, mais uma boa oportunidade para o vermelho e preto. Tiago errou na saída de bola, e Ramon saiu cara a cara com o goleiro. Na sequência, o auxiliar assinalou – de forma errada – impedimento de Jonatas Belusso. Um minuto depois, quase gol rubro-negro. Marcão lançou Ramon na corrida, o atacante driblou Muriel e, quase sem ângulo, chutou para o gol, tirando tinta da trave do Bahia.

Na Fonte Nova, em Salvador, o Brasil não conseguiu superar o Bahia e foi derrotado por 1 a 0 - FOTO: Jonathan Silva / GEB
Na Fonte Nova, em Salvador, o Brasil não conseguiu superar o Bahia e foi derrotado por 1 a 0
Quando o Brasil tinha o controle do jogo, veio o balde de água fria. Aos 31, Juninho cobrou falta para a área, a bola pingou na frente de Martini, que espalmou, e por infelicidade, na cabeça de Wesley Natã. Gol do Bahia.

Com o marcador na frente, o tricolor partiu para o ataque. E quem salvou foi o goleiro Eduardo Martini. Aos 36, Juninho cobrou falta direto, e o goleiro Xavante fez grande defesa. E aos 38, Edgar Junio foi lançado na frente, Martini saiu na dividida com o atacante baiano e evitou o segundo gol do Bahia.

ETAPA FINAL
Na segunda etapa, os donos da casa se jogaram para frente. Aos dois minutos, Luiz Antônio arriscou chute de longe. Uma bomba. A bola viajou e explodiu na trave de Martini. Aos 19, Edigar Junio cruzou da esquerda, Renato Cajá completou de primeira, mas a zaga Xavante afastou o perigo.

Com o resultado adverso, o Xavante tentou pressionar o Bahia. Aos 30, Ramon recebeu na esquerda, entrou na área, e cruzou para Diogo Oliveira. O camisa 10 subiu e cabeceou para o gol, mas Muriel bem posicionado fez a defesa. Aos 32, pelo lado direito do campo, Weldinho foi a linha de fundo e levantou para a área. Nathan subiu e cabeceou para fora.

Nos últimos minutos de jogo, o tricolor baiano ainda teve chance de ampliar, mas parou novamente nas mãos de Martini. Aos 36, Hernane recebeu na área, tocou no canto, mas o goleiro rubro-negro fez grande defesa. E aos 46, Victor Rangel recebeu na área e chutou forte, e outra vez o camisa 1 Xavante salvou.

CLASSIFICAÇÃO
Com a derrota, o Brasil segue na oitava colocação da Série B do Brasileiro com 45 pontos ganhos. O próximo confronto na competição será na terça (18), às 21h30, no estádio Bento Freitas, contra o Londrina.