Série C: Após não conseguir o acesso, treinador Márcio Fernandes deixa o Botafogo-SP

O treinador passou perto de levar o Botafogo à Série B do nacional, mas deixou o cargo quatro dias depois da eliminação para o ABC

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 11 (AFI) - Márcio Fernandes não é mais o técnico do Botafogo. Após uma reunião, na manhã desta terça-feira, no Estádio Santa Cruz, ficou definido, em comum acordo, a saída de Fernandes. O treinador chegou ao Pantera no dia 29 de fevereiro, para substituir Marcelo Veiga.

No Paulistão, Márcio contribuiu para a permanência do Pantera na elite Paulista. Foram nove jogos sob seu comando, com três vitórias, quatro empates e duas derrotas, para Santos e Corinthians.
Em comum acordo, Márcio Fernandes deixa o Tricolor (Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo)
Em comum acordo, Márcio Fernandes deixa o Tricolor (Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo)

Já na Série C do Brasileiro, Marcio comandou a equipe em 20 jogos, com oito vitórias, oito empates e quatro derrotas. Levou o Tricolor à terceira posição na primeira fase, mas acabou perdendo o acesso para o ABC-RN, após empatar por 0 a 0, no Santa Cruz, e derrota por 1 a 0, no Frasqueirão, em Natal.

Ao todo, Márcio comandou o Pantera em 29 oportunidades, 11 vitórias, 12 empates e quatro derrotas.

"O Márcio é um grande treinador, nos ajudou a escapar do rebaixamento no Paulistão e fez um grande trabalho nesta Série C, mas, infelizmente, por um gol não conseguimos o acesso. Agradecemos muito todo o trabalho que o Márcio e sua comissão realizaram, e deixamos as portas abertas para um possível retorno", disse o presidente do Pantera, Gerson Engracia Garcia.