Sidão pede para Botafogo "manter o espírito" após derrota diante do Santos

Na última quarta-feira, o Fogão teve uma boa atuação, mas não conseguiu marcar gols

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 15 - A derrota para o Santos na última quarta não impediu que o clima no treino do Botafogo nesta quinta-feira fosse de confiança. A forma como a equipe atuou no revés e o bom momento vivido no Campeonato Brasileiro minimizaram o desânimo pela derrota. Por isso, nada mudou no clube, e a ordem, segundo o goleiro Sidão, é "manter o espírito".

"Conversamos no vestiário após o jogo. Temos que manter esse espírito, focados e dedicados que o resultado positivo vai voltar a acontecer. Jogamos bem, isso é importante. Saímos confiantes mesmo com a derrota", declarou nesta quinta.

O goleiro Sidão manteve o otimismo mesmo após a derrota para o Santos
O goleiro Sidão manteve o otimismo mesmo após a derrota para o Santos
A forma "otimista" como a derrota foi encarada ficou evidente logo no apito final, quando a torcida presente no Estádio Luso Brasileiro fez festa para a equipe. "A torcida tem feito a diferença. Os botafoguenses deram um show na Arena. Estão de parabéns. Temos que continuar com este elo entre time e torcida. É a nossa vez de retribuir. O Botafogo vai crescer muito assim", elogiou Sidão.

O goleiro, aliás, se tornou um dos personagens da partida já nos acréscimos. Em uma tentativa desesperada de buscar o empate, foi para a área adversária tentar o cabeceio. No entanto, ficou apenas com a sobra de uma bola levantada na área e, mesmo quase da meia-lua, emendou uma linda bicicleta que parou nas mãos de Vanderlei.

"É algo que eu sempre fico brincando no treinamento. Quando tem rachão, sempre procuro ensaiar um voleio, uma bicicleta. Tentei usar esse recurso para fazer o gol e ajudar nosso time. Infelizmente não aconteceu, mas valeu pelo espetáculo", explicou.