Giovane Martineli deixa o Botafogo-PB após sucesso na Copa do Brasil e Série C

Giovane Martineli não renovou contrato com o clube por contenção de gastos após acesso para a Série B bater na trave

por Agência Futebol Interior

João Pessoa, PB, 15 (AFI) - Na tarde de sexta-feira, o Botafogo-PB anunciou a saída do executivo de futebol, Giovane Martineli, um dos responsáveis pelo planejamento da equipe para a temporada. O clube alegou contenção de gastos para justificar a decisão.

Através de uma rede social, o profissional agradeceu ao clube pela oportunidade e fez um balanço da sua trajetória no clube.

Martineli montou estrutura para o Botafogo, em João Pessoa (PB)
Martineli montou estrutura para o Botafogo, em João Pessoa (PB)

- Queria agradecer ao clube pela oportunidade e pelo apoio. Apesar de não termos conquistado o sonhado acesso, acredito que 2016 foi um ano de muito sucesso para o Botafogo-PB. O clube cresceu muito como instituição, voltou a ter notoriedade nacional, ganhou ainda mais credibilidade no mercado e triplicou o número de sócios, apesar de ainda ter um potencial enorme de crescimento – analisou.

ANO MEMORÁVEL
Nesta temporada, o Botafogo-PB conquistou o vice-campeonato paraibano, teve a melhor participação da sua história na Copa do Brasil ao chegar às oitavas-de-final (o clube nunca havia superado a segunda fase) e conseguiu a classificação para as quartas-de-final da Série C pela primeira vez, mas deixou o acesso escapar diante do Boa com um gol aos 50 minutos do segundo tempo do jogo de volta, em Varginha.

Giovane Martineli abriu novas frentes no clube paraibano
Giovane Martineli abriu novas frentes no clube paraibano

Giovane Martineli também destacou a estrutura do Botafogo e deixou claro que aposta no sucesso do Belo nas próximas temporadas.

- Queria agradecer aos torcedores pelos elogios e também pelas críticas. Ninguém acerta sempre. Aos torcedores, peço o mesmo apoio ao clube que todos mostraram na reta final de Série C e no jogo contra o Palmeiras, pela Copa do Brasil.

Tenham a certeza de que o alicerce do Belo está muito firme. E o clube tem tudo - dívida zero, estrutura física e economia local- para ser uma das forças do Nordeste em pouco tempo – afirmou.

VERBA PARA BASE
O executivo ainda lembrou do projeto de lei de incentivo que desenvolveu para as categorias de base do clube, que se encontra em tramitação em Brasília e pode injetar mais de R$ 1 milhão no departamento de futebol do clube.

Paulista, com passagem de cinco anos pelo Red Bull Brasil, Giovane Martineli deixou claro que pretende passar um tempo com a família antes de fazer planos para a próxima temporada.