Série C: Schulle admite deixar o Botafogo-PB e revela que há jogadores já negociados

O treinador afirmou ainda que recebeu uma proposta do Joinville, mas recusou para seguir no comando do Belo

por Agência Futebol Interior

João Pessoa, PB, 20 (AFI) – Como em todos os times do futebol brasileiro, a boa campanha em uma temporada traz consigo uma desvantagem: os principais destaques chamam atenção de outras equipes e, muitas vezes, são negociados. É o que pode acontecer com o Botafogo-PB e o técnico Itamar Schulle. Valorizado no mercado, o treinador admite que recebeu sondagens e que a tendência é de deixar o Belo. Além disso, afirmou também que alguns atletas já estão acertados com outras equipes para o ano que vem.

“Eu tive propostas ao longo do ano, graças a Deus e ao grupo de atletas. Tive uma ligação sobra a possibilidade de treinar o Joinville, mas o meu foco está aqui. As propostas financeiras aparecem e mexem com o ser humano. Qualquer pessoa, se receber uma proposta e olhar o dinheiro, vai embora. Mas eu tenho palavra com a direção e vou terminar a Série C aqui, depois vou seguir minha carreira”, afirmou em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Sem se esquivar das perguntas, o treinador comentou também que alguns jogadores do atual elenco já estão negociados e não permanecem no Botafogo mesmo em caso de acesso à Série B. No entanto, não revelou quem são esses atletas.

“É natural que as coisas aconteçam para nós profissionais e para os atletas. Eu sei que aqui já tem jogadores acertados com outras equipes, com contratos de dois anos. Isso é normal no futebol”, confidenciou.

Terceiro colocado do Grupo A da Série C, o Botafogo tem ao menos mais dois compromissos até o final da competição, já que enfrenta o Boa Esporte pelas quartas de final com a primeira partida no Almeidão e a segunda em Varginha.

Antes disso, no entanto, o Belo tenta se manter vivo na Copa do Brasil. O Alvinegro da Estrela Vermelha recebe ninguém menos do que o Palmeiras, líder do Brasileirão, para o jogo de volta das oitavas de final. Na ida, em São Paulo, o Verdão conquistou larga vantagem ao vencer por 3 a 0.