Espanhol: Neymar sugere perseguição por 'inveja' e por 'levantar nome de Jesus'

"Eu sempre soube que levantar teu nome (de Jesus) causaria controvérsia, discórdia, inveja, mal olhado e todas as coisas ruins", disse

por Agência Estado

São Paulo, SP, 24 (AFI) - Neymar encontrou uma forma peculiar de rebater o pedido de prisão contra ele feito pelo Ministério Público da Espanha, na quarta-feira. Nesta quinta, o jogador do Barcelona comentou o caso pela primeira vez, através de uma postagem no Instagram. Ali, relacionou a acusação ao fato de "levantar o nome de Jesus".

"Eu sempre soube que levantar teu nome (de Jesus) causaria controvérsia, discórdia, inveja, mal olhado e todas as coisas ruins, porque tu o Senhor é o Deus que me ilumina e me conduz pelo teu caminho", escreveu, ao compartilhar imagem em que aparece beijando a medalha de ouro olímpica conquistada em agosto, com uma faixa escrita "100% Jesus" amarrada à cabeça.
Neymar sugere perseguição por 'inveja' e por 'levantar nome de Jesus'
Neymar sugere perseguição por 'inveja' e por 'levantar nome de Jesus'

"Sabemos nós que todas as lutas são contra os principados e potestades, mas juntos, como família, venceremos mais uma e saberemos que virão mais, mas nós estamos preparados... nós temos Jesus", continuou Neymar.

Na quarta-feira, o procurador José Perals recomendou dois anos e prisão e Neymar uma pena de cinco anos ao ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, considerado como a pessoa responsável pelo contrato com Neymar.

No mês passado, a Justiça da Espanha havia decidido processar Neymar por corrupção, reabrindo o caso que havia sido arquivado. O juiz José de la Mata também optou por processar o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, além do pai do jogador e até mesmo ex-dirigentes, como Sandro Rosell. O centro da polêmica era ainda o contrato entre o jogador e o clube.