Guto Ferreira diz que Bahia encontrou maturidade para brigar pelo acesso na Série B

Os 90 minutos do Esquadrão, de acordo com o comandante, foi merecedor de aplausos. A postura, acima de tudo madura, o encantou.

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 15 (AFI) - A vitória do Bahia sobre o Brasil de Pelotas, por 1 a 0, deixou o técnico Guto Ferreira muito contente. rindo à toa, ele enalteceu o espírito de luta de seus jogadores e disse que este é o caminho para buscar o acesso nas últimas sete rodadas que faltam para o término do Campeonato Brasileiro da Série B.

Os 90 minutos do Esquadrão, de acordo com o comandante, foi merecedor de aplausos. A postura, acima de tudo madura, o encantou. Com 49 pontos, o Tricolor dormiu no G4 e agora pega o Oeste, em São Paulo, no dia 22.

“A maturidade da equipe foi o que mais me agradou, principalmente por ser um jogo decisivo. Eu torço muito para que isso continue acontecendo. Nós fizemos um jogo bom, controlando adversário, e sem deixar o rival criar chances claras. Soubemos usar o espaço, com volume em deixar de agredir”, comentou.

Guto Ferreira está animado com a maturidade do Bahia que vai ter sete jogos para buscar o acesso. Foto: Felipe Oliveira
Guto Ferreira está animado com a maturidade do Bahia que vai ter sete jogos para buscar o acesso. Foto: Felipe Oliveira

A presença da torcida, mais de 20 mil espectadores, também foi motivo de uma ‘análise’ do técnico Guto Ferreira.

“A torcida do Bahia é fantástica. Não tem o que falar mais dela. Eu agradeço muito ao torcedor por hoje. Ele foi espetacular”.

JOGADORES CONFIANTES
Na beira do campo, no calor da emoção por mais um triunfo em casa, os jogadores do Tricolor de Aço falaram sobre o resultado positivo por 1 a 0 sobre o Brasil de Pelotas, na Arena Fonte Nova.

Para o zagueiro Jackson, por exemplo, os três pontos mostram que o Esquadrão segue firme e forte na busca por uma vaga na Série de 2017.

“Eu tenho que agradecer muito a Deus pelo resultado, por mais uma boa atuação. Nós estamos fortes na briga”, disse.

Utilizado desde o primeiro tempo, após saída de Moisés, o lateral Tinga resumiu o jogo em ‘muita felicidade’.

“Eu fiquei muito feliz de entrar na partida, mais ainda pelo triunfo dentro de casa. Foi um jogo duro, com espírito de luta, e vamos para mais uma guerra contra o Oeste”, finalizou.

O goleiro Muriel foi outro e disse ter visto como justiça o triunfo:

“Foi um triunfo merecido. Agora, para gente, resta descansar e já pensar em manter a postura para o jogo fora de casa”, pontuou.