Série B: Guto Ferreira despista sobre alterações no Bahia: "tudo pode acontecer"

Apesar do mistério, o Tricolor deve ser praticamente o mesmo que ganhou do Goiás na última rodada

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 22 (AFI) - Já é uma marca registrada ao longo da carreira de Guto Ferreira. O treinador nunca confirma o time que vai começar jogando nos dias que antecedem a partida e isso aconteceu novamente nesta quinta-feira. Ao ser questionado se faria mudanças no Bahia para o duelo de sábado contra o CRB, em Maceió, o comandante despistou.

"Tudo pode acontecer ou pode não acontecer nada. Eu só espero que o principal aconteça: o triunfo", disse Guto Ferreira, que brincou com os jornalistas durante sua resposta: "vocês estão aqui para fazer o serviço de vocês e eu para me proteger".

Guto Ferreira continua sem revelar o time antes das partidas - Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação
Guto Ferreira continua sem revelar o time antes das partidas
A única mudança certa é na lateral-direita. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Eduardo está de fora da partida e será substituído por Tinga. Nos últimos treinamentos, Guto Ferreira testou algumas alterações, como a entrada de Misael no ataque na vaga de Edigar Júnio, mas a tendência é que ele mantenha o trio formado por Edigar, Allano e Hernane Brocador.

Na briga por uma vaga no G4, com 39 pontos, o Bahia tem a sexta pior campanha como visitante nesta Série B, com duas vitórias, quatro empates e sete derrotas. Para Guto Ferreira, o Tricolor vem pagando pelo desempenho ruim que teve no primeiro turno e viu uma evolução desde a pausa para as Olimpíadas do Rio de Janeiro.

"Na minha leitura, a gente carrega uma campanha desde lá de trás. Nos primeiros jogos meus, em um processo de adaptação da equipe a minha metodologia, nós conseguimos só um resultado mediano que foi um empate em São Luís do Maranhão. Nós perdemos em Bragança e em Fortaleza. Após a última parada, tivemos um crescimento, mas ainda longe do que a gente quer. Conseguimos uma vitória, dois empates e uma derrota. A gente trabalha sempre pensando em vencer e, se isso não acontecer, voltarmos com um ponto", finalizou Guto Ferreira.

Apesar do mistério adotado pelo treinador, o Bahia deve entrar em campo com a seguinte formação: Muriel; Tinga, Jackson, Tiago e Moisés; Luiz Antônio, Juninho e Renato Cajá; Allano, Edigar Junio e Hernane.