Série B: Herói do acesso, meia se declara ao Avaí, mas não garante permanência

Quando questionado sobre o atual momento e o futuro, Diego Jardel abriu o seu coração

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 24 (AFI) - A quarta-feira (23) foi de treinamento em duas etapas na Ressacada. Parte do elenco do Avaí realizou trabalhos de prevenção às lesões e reforço muscular. Em seguida, todos foram para o gramado da Ressacada, onde aconteceu atividades de movimentação e finalização ao gol.

Antes do treino, quem esteve na sala de imprensa para a coletiva foi o meia Diego Jardel, autor do gol que garantiu o acesso do Avaí à Série A de 2017, com um jogo de antecedência. Quando questionado sobre o atual momento e o futuro, Diego Jardel abriu o seu coração.

“Ainda nem pensei, tenho contrato até o final do ano que vem, o momento ainda é de curtir, de aproveitar e também a expectativa da minha filha chegar. Já falei pro meu empresário e pro pessoal do Avaí pra conversarmos depois que o campeonato acabar, aí sim vamos sentar ver o que for melhor para mim e para o clube, mas todos sabem que adoro estar aqui, é minha segunda casa, essa camisa é minha segunda pele e se eu ficar será com muita alegria, mas se eu sair também que tenha algum retorno pro clube”, disse.

Diego Jardel também fez uma avaliação sobre o jogo deste sábado (26), contra o Brasil de Pelotas.

Diego Jardel quer ficar, mas ainda não acertou permanência no Avaí. (Foto: Carlos Eduardo Bonatelli / AVAÍ)
Diego Jardel quer ficar, mas ainda não acertou permanência no Avaí. (Foto: Carlos Eduardo Bonatelli / AVAÍ)
“Sobre o jogo a gente deixa na mão do treinador, ele está pensando em como vamos para a partida, se vai dar chance para os jogadores que não atuaram tanto durante o ano. Então isso vai ser decidido com sabedoria, com calma, mas quem entrar vai fazer uma grande festa” afirmou.

SOLIDARIEDADE
Por fim, o meia também falou sobre a campanha para ajudar o Renanzinho, volante de 19 anos, que tem um tumor no cérebro e segue o seu tratamento médico em busca da recuperação.

“É um jogo importantíssimo. A torcida está apoiando a campanha em prol do Renanzinho que também faz parte deste elenco que conquistou o acesso. Os torcedores estão comprando ingressos para ajudar e os sócios também podem comprar, ou mesmo colocar a sua contribuição nas urnas que estarão nos portões. Vamos ajudar o Renanzinho, o nosso torcedor, com uma grande festa”, concluiu Diego Jardel.

Para esta quinta-feira (23), a programação prevê início dos treinamentos às 16 horas. O atendimento à imprensa vai acontecer a partir das 15h30, na sala de imprensa Dr. Tullo Cavallazzi.

O último compromisso do Avaí na Série B será no sábado (26), às 17h30, quando o Time de Monstrão enfrenta o Brasil de Pelotas, na Ressacada.