Atleticano Cazares é suspenso por 4 partidas após agredir jogador do Santa Cruz

O equatoriano agrediu o adversário Jadson com um soco na partida do último dia 20

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 28 - O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu o meia Cazares, do Atlético-MG, com quatro partidas de suspensão. O jogador equatoriano foi julgado nesta segunda-feira por sua expulsão no confronto diante do Santa Cruz, no último dia 20, quando agrediu o adversário Jadson com um soco.

No lance em questão, Cazares arrancava para um contra-ataque quando foi puxado por Jadson. Irritado, reagiu com um soco que atingiu a altura do ombro do adversário. O árbitro observou a agressão, o expulsou e descreveu o ocorrido na súmula, o que fez com que o jogador fosse julgado no artigo 254-A.
Atleticano Cazares é suspenso por 4 partidas após agredir jogador do Santa Cruz (Foto: Bruno Cantini/CAM)
Atleticano Cazares é suspenso por 4 partidas após agredir jogador do Santa Cruz (Foto: Bruno Cantini/CAM)

A auditora Michelle Ramalho votou a favor da pena de quatro partidas a Cazares, decisão acompanhada pelos outros dois auditores, Gustavo Pinheiro e Douglas Blaichman. Somente o presidente Lucas Rocha pediu apenas um jogo de gancho, mas por maioria de votos, a maior pena foi aplicada.

Como já cumpriu um jogo de suspensão, automática, diante do São Paulo no último domingo, Cazares ficará de fora da última rodada do Brasileirão e das duas primeiras do ano que vem, caso siga no futebol brasileiro. A suspensão vale apenas para esta competição, o que o deixa livre para atuar na final da Copa do Brasil nesta quarta, contra o Grêmio, em Porto Alegre.

Atingido por Cazares, Jadson também foi julgado, uma vez que como o equatoriano recebeu o cartão vermelho no lance. Seu artigo, no entanto, era o 250, que diz respeito a praticar ato desleal ou hostil. O jogador pegou somente um jogo de gancho, já cumprido na goleada do Santa Cruz por 5 a 1 sobre o Grêmio, no último domingo.