Cazares alega 'problema de documentação' e explica ausência no Atlético-MG

O equatoriano afirmou que um problema com documentação atrasou seu retorno ao Brasil

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 13 (AFI) - O meia Cazares se manifestou na noite desta quinta-feira sobre o motivo de seu "sumiço" no Atlético-MG. Através das redes sociais, o equatoriano alegou que um "problema de documentação" atrasou seu retorno ao Brasil, após defender a seleção de seu país nas Eliminatórias, e causou sua ausência no duelo diante do América-MG, justamente nesta quinta.

Cazares não entrou em maiores detalhes, mas garantiu que a documentação foi responsável por impedir seu retorno a Belo Horizonte. O jogador era esperado no Atlético-MG nesta quinta pela manhã, mas não apareceu e, de acordo com a diretoria do clube, sequer justificou a ausência.

"Boa sorte pra meus companheiros que jogam hoje. Meu apoio, minha força para vocês. Temos que ganhar. Não consegui sair ontem de meu país por problema de uma documentação, mas já estou voltando. Obrigado pela compreensão. Aos que estão xingando, obrigado também", escreveu em sua página no Instagram.

Cazares deveria chegar de madrugada, após ficar no banco de reservas e não participar dos dois jogos que o Equador fez nos últimos dias, contra Chile (quinta-feira passada) e Bolívia (terça). Assim, a expectativa do técnico Marcelo Oliveira era utilizá-lo no duelo contra o América-MG.

De acordo com nota divulgada pela diretoria do clube pela manhã, "o Atlético preparou toda a logística para que Cazares desembarcasse no final dessa manhã em Belo Horizonte, assim como fez com os demais jogadores que serviam as suas seleções. O atleta não desembarcou e, desde ontem (quarta), não atende as ligações ou responde às mensagens do supervisor de futebol".

Cazares não explicou os motivos que o levaram a não responder às tentativas de contato da diretoria, mas o certo é que esta não é a primeira polêmica protagonizada pelo equatoriano. A diretoria do Atlético-MG já confirmou que o jogador será punido. Nenhum dos dois lados especificou a data da reapresentação do meia.