Gilson quer América-MG se impondo contra o Internacional no Independência

Lateral analisa que os jogos em Minas Gerais são fundamentais para evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 19 (AFI) - O América-MG pretende dar um 'gás' final nesta reta final do Campeonato Brasileiro, para sair do Z4. E dos últimos 13 jogos, nada menos que oito serão na Arena Independência. Após dois jogos fora de casa (dois empates), o Coelho inicia a sequência com dois desafios seguidos em casa, contra Internacional e Botafogo.

Para o primeiro duelo, nesta segunda-feira (19/9), às 20h, contra o Internacional, a equipe terá o reforço do lateral esquerdo Gilson, que cumpriu suspensão automática por três cartões. Ele fala da importância de vencer a equipe gaúcha, para iniciar uma boa campanha em seus domínios e enfatiza que o time americano deve se impor sempre em casa.

Gilson quer América-MG se impondo dentro do Independência (Foto: Carlos Cruz / América-MG)
Gilson quer América-MG se impondo dentro do Independência (Foto: Carlos Cruz / América-MG)

“Os jogos em casa são fundamentais para nossas pretensões na competição e, infelizmente, não fazemos uma campanha boa nos nossos domínios. No Independência, nós temos que mandar, porque é a nossa casa. Respeitando as equipes adversárias, mas nós temos que impor o nosso ritmo de jogo para conseguir as vitórias. Eu espero que isso se inicie na segunda-feira, contra o Inter”.

CABEÇA RUIM!
Gilson acredita que esteja faltando equilíbrio emocional ao time americano, que tem oscilado nos jogos. Para isso, ele entende que a equipe americana deve ter paciência e não se afobar em campo.

“É um jogo que nós teremos que ter muita paciência, muita concentração. Temos, sim, que ter velocidade na hora de atacar, mas com consciência para se defender. Espero que a gente crie boas oportunidades de concluir em gol. Se tiver afobação, você acaba acelerando o jogo, acaba perdendo a bola e cedendo o contra-ataque para o adversário. Então nós temos que buscar esse equilíbrio dentro da partida, para sairmos com uma vitória, que é de extrema importância para nossas pretensões na competição”, conclui o lateral.