'Virtual rebaixado', América-MG desafia tabu contra Inter para ganhar sobrevida

Coelho jamais venceu a equipe gaúcha em confrontos válidos pelo Brasileirão, no qual acumula sete derrotas e três empates

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 19 - Com apenas 15 pontos em 25 partidas no Campeonato Brasileiro, o lanterna América-MG já pode ser considerado um "virtual rebaixado" à Série B, pois apenas uma improvável e incrível arrancada evitaria a queda para a segunda divisão nacional, embora ainda tenha mais 13 jogos a disputar neste segundo turno da competição. E, nesta segunda-feira, contra o Internacional, às 20 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, o time irá desafiar um tabu histórico para poder ganhar sobrevida em sua inglória luta para permanecer na elite em 2017.

O América jamais venceu a equipe gaúcha em confrontos válidos pelo Brasileirão, no qual acumula sete derrotas e três empates para o adversário. Pelo primeiro turno desta edição da competição, o time mineiro foi derrotado por 3 a 1 para os colorados.

'Virtual rebaixado', América-MG desafia tabu contra Inter para ganhar sobrevida
'Virtual rebaixado', América-MG desafia tabu contra Inter para ganhar sobrevida
Para o América, porém, o alento é que o Inter também está em péssima fase e é outro clube que ocupa a zona de rebaixamento, em 18º lugar, com 27 pontos.

E isso serve de motivação também pelo fato de que será importante diminuir um pouco a diferença para um adversário que, na teoria, pode se tornar um rival direto na luta contra a degola.

Hoje, porém, a realidade americana é dura, pois a desvantagem em relação ao Vitória, primeiro time fora da zona de risco da tabela, é de 14 pontos.

Para tentar dar início a uma reação contra o Inter, o técnico Enderson Moreira teve uma longa conversa com os jogadores no gramado do CT Lanna Drumond no treino realizado neste domingo. O goleiro João Ricardo, com uma entorse no tornozelo, foi poupado deste treinamento final para o jogo desta segunda-feira. Entretanto, a torção é leve e ele deverá ser confirmado na equipe titular.