ASA sequer apresenta defesa e técnico vence processo por salários atrasados

O treinador comandou o clube alagoano de 2014 a 2016 e disputou a última Série C pelo River-PI

por Agência Futebol Interior

Arapiraca, AL, 21 (AFI) – O técnico Vica moveu processo contra o ASA, clube que treinou em três oportunidades, sendo a última entre 2014 e 2016. Na última quinta-feira, a ação trabalhista requerindo valores que não foram pagos pelo clube alagoano foi julgada em favor do treinador.

Vica cobrava os salários de fevereiro, março e abril de 2016, além de benefícios que não fora pagos como reconhecimento de rescisão indireta do contrato, pagamento de 13º salários e FGTS.

O ASA, pro sua vez, sequer apresentou defesa no processo e terá de pagar o treinador. Além disso, o ASA terá de arcar com o pagamento de mais de R$ 9 mil à União, correspondente às contribuições sociais incidentes sobre as verbas salariais deferidas.

Após a passagem pelo ASA, Vica comandou o River-PI na Série C do Campeonato Brasileiro. Com problemas de montagem de elenco e falta de planejamento da diretoria, o treinador não resistiu e após sua saída o clube ainda foi rebaixado para a quarta divisão como lanterna do Grupo A.