Série C: Atacante do ASA mira Guarani e diz que sonhou com acesso

Revelado na base do Fantasma, o jovem Klenisson relembra festa do título alagoano de 2000 e quer repetir a comemoração

por Agência Futebol Interior

Arapiraca, AL, 22 (AFI) - Após garantir a classificação para as quartas de final na última rodada da fase classificatória da Série C, o ASA se prepara para enfrentar o Guarani daqui nove dias, no dia 1º de outubro. Enquanto espera pelo primeiro jogo do mata-mata, o atacante Klenisson não esconde a ansiedade e sonha todos os dias com o acesso à Série B.

Em entrevista coletiva, a jovem revelação arapiraquense disse que até consegue imaginar a festa caso o time conquiste o objetivo. Ele ainda resgatou uma memória antiga e citou a conquista do Campeonato Alagoano de 2000 como uma inspiração.

"Iria ser melhor decidirmos em casa, mas eu já sonhei com isso. Durmo pensando em um campeonato, não lembro qual, mas o ASA foi campeão e vieram comemorando de Maceió para cá. Eu estava começando ainda (nas categorias de base do Alvinegro) e fiquei pensando nisso em casa. Eu falo para mim que vou participar dessa festa de agora. Vamos trazer a classificação para a Série B de lá e vir festejando até Arapiraca", disse o jogador.

Klenisson confia na classificação do ASA. (Foto: William Rocha / ASA)
Klenisson confia na classificação do ASA. (Foto: William Rocha / ASA)
Para realizar seu sonho, Klenisson e o restante do elenco alvinegro precisam passar pelo Guarani, time que se classificou com a melhor campanha geral da primeira fase. Foram 38 pontos somados, em 11 vitórias, cinco empates e duas derrotas. Mas o atacante não se assusta com os número e adota o discurso de que agora o campeonato é outro.

"São números, eles ficam na história, mas é passado. Temos que viver o presente, então vamos enfrentar o Guarani com toda a nossa força e ter uma grande vitória dentro de casa", concluiu.

O primeiro duelo entre os times será realizado às 19h do dia 1º de outubro, no Coaracy da Mata, em Arapirca. A vaga na Série B será decidida uma semana depois, no dia 8, quando voltam a se encontrar às 19 horas, em Campinas, no Brinco de Ouro.