Série C: Após show, Lucio Flávio diz que não quer ser protagonista no ABC

O camisa 10 marcou dois belos gols de falta contra o Guarani, mas afirma que não pretende ser o personagem principal do time

por Agência Futebol Interior

Natal, RN, 17 (AFI) – Capitão e cérebro da equipe do ABC nesta Série C do Campeonato Brasileiro, o meia Lucio Flávio apareceu para brilha no último domingo contra o Guarani, pela partida de ida da semifinal da competição. Mas, apesar dos dois golaços de falta marcados na goleada por 4 a 0, o camisa 10 do Mais Querido afirma que não tem a intenção de ser protagonista e dividiu a responsabilidade com os outros nomes da equipe.

“Eu já estou caminhando para o fim dessa carreira, já passei por muitas coisas. O torcedor do ABC estava acostumado a ver o Lúcio Flávio de outros clubes, e até eu ter uma adaptação no ABC, em outro campeonato (Série C), foi difícil. O mais legal de tudo é que eu não preciso ser o principal jogador. Eu não quero isso. Eu quero que o Erivélton seja, como ele foi o cara que fez o gol do acesso, até pela história dele no clube. Eu quero que o Jones (Carioca) seja, pelo fato de ser um jogador que ano passado ficou um tempo sem jogar. E outros jogadores que vão ter um longo percurso de estrada. Eu, mais um ou dois anos, estou encerrando minha carreira. E o que eu quero fazer é isso que tive oportunidade de proporcionar aqui, de o ABC ser campeão estadual novamente e ter o acesso. A minha participação aqui, às vezes, é muito mais em relação a grupo, forma de liderança, do que propriamente dentro de campo”, disse o meio-campista.
Após show, Lucio Flávio diz que não quer ser protagonista no ABC
Após show, Lucio Flávio diz que não quer ser protagonista no ABC

Lucio Flávio havia marcado apenas três gols até a última partida na Série C, mas o meia estava inspirado e relembrou seus tempos com as camisas de Botafogo e Santos. Primeiro, o camisa 10 cobrou com classe uma falta e guardou a bola no ângulo. Depois deu uma de Ronaldinho Gaúcho e marcou por baixo da barreira.

“ O Ronaldinho foi uma inspiração para vários jogadores dessa geração. Eu já tinha feito um gol assim, acho que em 2013, pelo Paraná. E por outras vezes eu também tentei. É claro que em um jogo como esse (contra o Guarani), em que eu já havia feito um gol por cima da barreira, era natural que ela saltasse, e foi o que eu pensei ali na hora e, graças a Deus, fui feliz em mais uma conclusão, decretando um bom resultado para o ABC”, declarou.

Lucio Flávio também comentou sobre a evolução da equipe do ABC no decorrer da temporada. O jogador também afirmou que a partida do último domingo foi uma das melhores do ABC na atual temporada.

“O ABC é um time diferente do início da temporada. O ABC mudou tudo do ano passado para cá, trouxe atletas que em 2015 não estavam nem atuando. No decorrer do percurso, o time foi ganhando corpo e começou de fato a andar na Série C. Até o acesso, tem aquele peso, mas por isso todos os times passam. Hoje (domingo), o time fez, junto com a final do estadual e mais dois ou três jogos, a melhor partida do ano”, concluiu.