Fifa divulga jogadores inscritos no Mundial de Clubes; Bale está fora no Real

O Real é o grande favorito ao título do Mundial, mas o Atlético Nacional promete dar trabalho

por Agência Estado

Campinas, SP, 01 - A Fifa anunciou nesta quinta-feira a lista dos 23 inscritos por cada um dos seis clubes já confirmados no Mundial de Clubes, que começa na semana que vem, no Japão. O destaque ficou por conta da ausência de Gareth Bale, que, lesionado, será um desfalque de peso para o Real Madrid.

Bale contundiu o tendão fibular do tornozelo direito quando enfrentava o Sporting, pela Liga dos Campeões, no último dia 22. Na última terça-feira, foi submetido a uma cirurgia para a correção do problema, em Londres. O Real não estipulou o prazo para seu retorno, mas o certo é que o jogador não atuará mais em 2016.

Se não terá Bale, o Real inscreveu o brasileiro Casemiro e o alemão Toni Kroos, que sofreram importantes lesões recentemente. Casemiro retornou aos gramados na última quarta, após mais de dois meses da sua fissura na fíbula da perna esquerda. Já Kroos vive a reta final de recuperação da fratura no quinto metatarso do pé direito.

O Real é o grande favorito ao título do Mundial, mas o representante sul-americano promete dar trabalho. Campeão da Libertadores de 2016, o Atlético Nacional vai ao Japão ainda abalado pela tragédia do início da semana, mas com a força de uma torcida ainda maior, principalmente no Brasil, após a linda homenagem às vítimas da queda do avião da Chapecoense.

Em campo, o time colombiano conta com alguns dos principais destaques da Libertadores. Os meio-campistas Diego Arias, Macnelly Torres e Alejandro Guerra, além dos atacantes Miguel Borja e Orlando Berrio são as maiores esperanças para o time colombiano.

Quem também tentará surpreender é o América do México, que tem um brasileiro em seu elenco, o meia William, que começou a carreira no Palmeiras e chegou a ter que interrompê-la por problema no coração. Outro conhecido da torcida do País que está inscrito no Mundial é o lateral paraguaio Miguel Samudio, ex-Cruzeiro.

Representante africano, o Mamelodi Sundowns, da África do Sul, terá no Mundial o defensor brasileiro Ricardo Nascimento, enquanto o sul-coreano Jeonbuk Hyundai inscreveu o meia Leonardo e o atacante Edu. O Auckland City, da Nova Zelândia, é o único sem nenhum jogador do Brasil no elenco.

O Mundial de Clubes começa na quinta-feira que vem, com o confronto entre Auckland City e o campeão japonês, ainda não definido - Urawa Reds e Kashima Antlers disputam o título nacional neste sábado. A decisão do torneio está marcada para o dia 18, em Yokohama.