Empresa de agenciamento fecha parceria com clubes Europeus

A B.S.I Soccer Executive L.T.D.A vem crescendo no mercado europeu

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 30 - Localizada num dos lugares mais valorizados da América Latina, a Avenida Paulista, a empresa de agenciamento de atletas gestão e marketing esportivo, B.S.I Soccer Executive L.T.D.A, não para de fazer parcerias com clubes do exterior.

A empresa tem um extenso cartel de contatos e parcerias, em países como México, EUA, Portugal, Itália, Alemanha, Mundo Árabe, Ásia, entre outros. Mais recentemente a BSI formalizou mais convênios com equipes da Eslováquia, Romênia e Grécia. A parceria consiste em indicar atletas para reforçar as equipes para a próxima temporada.

Fábio de Souza destaca o trabalhou da companhia
Fábio de Souza destaca o trabalhou da companhia

A gerente de marketing e assessoria de imprensa, Renata Wasconcelos destaca o promissor mercado para atletas brasileiros.

"Selecionamos muito bem os nossos atletas, já que há muito talento no Brasil. Os clubes nos procuram para parcerias. Hoje o mercado de Europeu e países emergentes, até mesmo como Ásia, Oriente Médio está muito atrativo para Brasileiros, desde que façamos bem as transações. Haja vista que somos o país que mais tem jogadores atuando na Europa profissionalmente. Segundo pesquisas realizadas recentemente, temos 469 atletas atuando somente na Europa, contra 319 do segundo lugar, que é a França", enfatizou Renata .

A BSI Soccer é uma empresa constituída por um grupo de advogados paulistanos, formados em direito desportivo, juntamente com empresários do ramo bancário de São Paulo e alguns ex-atletas, já realizaram a gestão de algumas equipes no Brasil. Para o exterior, essa conjunção vem dando certo há mais de 10 anos. Tendo como cultura dar oportunidades a todos os atletas.

A Redação do FI conversou com um dos CEO'S da empresa Fábio de Souza.

''Eu me sinto lisonjeado realmente por fazer parte dessa empresa e saber que a cada dia ela se expande mais e nossa responsabilidade de captação e gerenciamento também cresce. Não é tão fácil quanto muitos imaginam. Eu e outros captadores da empresa trabalhamos arduamente para selecionar os atletas, pois temos que selecionar não somente suas aptidões dentro de campo, mas principalmente fora. No início, os atletas sentirão muito a mudança de país, mas isso é adaptável", disse.

Mauro da Silva, que também compõe o quadro de funcionários da BSI, já atuou em clubes da Romênia, Grécia e mundo Árabe. A BSI Soccer acaba de fechar convênio especificamente com as equipes FK Senika ,(Eslováquia ), AFC Comprest Gym Bucareste (Romênia), AO Kerkyra (Grécia), entre outras.