Após jogar pela Inglaterra, Zaha decide defender Costa do Marfim

Nascido no país africano, o meia do Crystal Palace cansou de esperar chances no English Team e passará a defender a Costa do Marfim

por Agência Estado

São Paulo, SP, 28 - Titular do Crystal Palace, o meia Wilfried Zaha desistiu de esperar por novas oportunidades na seleção inglesa. Sem espaço para voltar a jogar pela Inglaterra, o jogador, nascido na Costa do Marfim, anunciou nesta segunda-feira que vai passar a defender a equipe do país africano.

O anúncio foi feito pela Federação Marfinense de Futebol (FIF, na sigla em francês), que recebeu o aval da Fifa para convocar o jogador. Zaha chegou a defender a Inglaterra em partidas amistosas, mas nunca jogou em competições oficiais. Como é nascido na Costa do Marfim, essa naturalização esportiva é permitida.
Após jogar pela Inglaterra, Zaha decide defender Costa do Marfim
Após jogar pela Inglaterra, Zaha decide defender Costa do Marfim

Mesmo defendendo o pequeno Crystal Palace, de Londres, na segunda divisão, Zaha foi lembrado pelo técnico Roy Hodgson para dois amistosos em 2012 e 2013. Vendido ao Manchester United, quase não jogou em Old Trafford. Ele só voltou a se destacar em 2014, quando retornou ao Palace.

Aos 24 anos, ele está disponível para ser convocado pelo técnico Michel Dussuyer para a Copa das Nações Africanas, que começa em janeiro no Gabão. Nascido em Abidjã, capital econômica da Costa do Marfim, ele vive na Inglaterra des os quatro anos de idade.