Candangão: Gama não apoia chapa única para a presidência da Federação do Distrito Federal

Somente a chapa Seguir em Frente foi habilitada à participar do pleito, o que não agradou a equipe do Gama

por Sérgio Porto - Brasília

Brasília, DF, 22 (AFI) – O calendário do futebol do Distrito Federal está deixando muitas equipes insatisfeitas. Os clubes profissionais que disputam a competição da Capital do Brasil estão em férias forçadas até o início do Candangão 2017.

Conforme o Edital publicado pela Federação de Futebol do Distrito Federal, as inscrições para chapas que disputariam a eleição para a presidência da Federação de Brasília tiveram até a manhã desta quarta-feira, 21 de setembro, para inscreverem seus candidatos ao comando do futebol do Distrito Federal. Porém, somente a chapa Seguir em Frente que tem como candidato único à presidência, Erivaldo Alves, com os seus vices Daniel Vasconcelos (presidente do Luziânia) e Lourival Moreira (representante do Planaltina Esporte Clube), foram habilitados à participarem do pleito.

Erivaldo Alves com seus vice presidentes (foto: FFDF)
Erivaldo Alves com seus vice presidentes (foto: FFDF)

A chapa Seguir em Frente não teve o apoio da Sociedade Esportiva do Gama e do Capital Futebol Clube. O presidente do Gama, Antonio Alves do Nascimento explicou que não apoiou esta chapa pois tinha a expectativa do apoio a Miguel Peres, que acabou não participando do pleito.

Gama, Brasiliense, Brasília, Sobradinho, Luziânia, Formosa, Dom Pedro e Paranoá, que já disputaram campeonatos promovidos pela Confederação Brasileira de Futebol, estão em compasso de espera para o ano de 2017. Gama e Brasiliense já foram equipes que atuaram na série A do brasileiro.