Paulista
A1
A2
A3

Matador! Denilson tem pífia média de 0,1 gol na carreira


Publicado na quinta-feira,
28 de fevereiro de 2008

Sâo Paulo, SP, 28 (AFI) - O atacante Denilson (foto) tomou seu primeiro puxão de orelhas do técnico Vanderlei Luxemburgo desde sua chegada ao Palmeiras. O motivo da bronca foi um gol perdido pelo jogador na vitória por 2 a 0 sobre o Cene, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Antes do treinamento desta quinta, o técnico do Verdão chamou Denilson num canto e explicou como queria que o jogador tivesse batido na bola. Luxemburgo sempre cobrou que o camisa 19 participasse mais da partida, não ficando restrito apenas a dribles na lateral do campo.

A torcida palmeirense, porém, não quer nem saber das broncas em Denilson. Toda vez que o pentacampeão está à disposição no banco de reservas, os torcedores gritam seu nome e pedem a sua entrada. Luxemburgo, entretanto, não parece estar convencido de que o atacante possa ser titular neste momento.

Histórico de gols de Denilson!
Contratado a peso de ouro pelo Betis, em 98, pela bagatela de US$ 35 milhões, Denilson foi considerado um grande craque em ascensão. No entanto, no quesito gols, o atual jogador do Palmeiras sempre deixou a desejar. Em toda sua carreira no futebol, o atacante marcou apenas 41 gols, em 411 jogos disputados - média de 0,1 gol por partida.

Revelado pelo Sâo Paulo em 94, Denilson balançou as redes apenas oito vezes no time do Morumbi, em 96 partidas. No Betis, o jogador disputou 185 partidas e marcou apenas 13 vezes. Já na Seleção Brasileira, o atacante foi as redes apenas dez vezes, em 61 partidas.

Denilson ainda marcou por Flamengo (três gols em 11 jogos), Bordeaux-FRA (três gols em 31 jogos), Al Nassr-ARA (três gols em 15 jogos) e Dallas (um gol em oito partidas).

 
Agência Futebol Interior
 
Compartilhe


 Veja Mais 
Listar todas
Quem Somos
|
Fale Conosco
|
Expediente
|
Anuncie no FI
|
Política de Privacidade e Uso
|
Anunciantes
© Copyright 1999-20102 Futebol Interior - Todos os direitos reservados