Brasileiro
A
B
C

ESPECIAL: FI traz os 20 "judas" que os torcedores gostaríam de malhar

A lista conta com Valdívia, Alecsandro, Deivid e muitos outros craques

Publicado na sexta-feira,
6 de abril de 2012

Campinas, SP, 05 (AFI) – A Semana Santa segue a todo vapor, mas o futebol não para. O Portal Futebol Interior traz, agora, os 20 jogadores que são tido como “judas” por suas torcidas. Somente os times que estão na elite do futebol brasileiro são representados com um atleta, que o torcedor gostaria de “malhar”, não no sentido da violência, mas sim na cobrança de maior empenho ou, até mesmo, de vê-lo longe de seu time do coração.

 Confira! 

O FI prezou em não analisar pelo fato de ser “traíra”, “leva e traz”, “laranja podre” e outros termos, mas sim de não agradar aos torcedores, seja por deficiência técnica ou por simularem contusões. Segundo os cristãos, Judas foi o apóstolo responsável por “vender” Jesus por 30 moedas de prata e entregá-lo para que fosse crucificado.

Abaixo a lista dos “judas” da elite:

Atlético-GO – Elias – Tido como um dos principais jogadores do elenco, o meia tem deixado a desejar nesta temporada. Elias não tem apresentado um bom rendimento e isso faz com que os torcedores optem por “malhar” ele para ver se engrtena.

Atlético-MG - Dudu Cearense –
Desde seu retorno ao Galo o jogador atravessa maus momentos. Dudu Cearense está na mira dos torcedores e não é de agora. Muitos não o querem no elenco. Mas já que ali está, vai continuar sendo o alco até resolver mostrar que merece ser incentivado.

Bahia - Diego Jussani – O zagueiro não vive um bom momento no time baiano. Principalmente após a rodada do meio de semana, quando falhou e permitiu que o Tricolor levasse o empate. Vaias, sim. Para quem? Para Diego “Ruimssani”.

Botafogo - Caio – Esse vive um caso de amor e ódio com os torcedores do Botafogo. Mais para ódio, no momento. Muitos o pedem como titular, mas quando ele entrar torcem para se machuque. O motivo é que ele já foi flagrado com a camisa de uma organizada do rival Vasco da Gama. Não precisa dizer mais nada.

Corinthians – Alessandro - foto – “Se não tem outro, vai você mesmo”. Esse tem diso a filosofia de Tite ao insistir na escalação de Alessandro, ou melhor, “Alessono” para os torcedores do Timão. Sempre falhando na marcação, o jogador é o alvo preferido da torcida e está escalado para ser o “judas” da vez no sábado de aleluia.

Coritiba - Renan Oliveira – Ainda é jovem, mas não mostrou ao que veio no Coritiba. Constantemente em recuperação de lesões, Renan Oliveira está na mira dos torcedores do Coxa e se depender deles, vai ter que provar bastante em campo para se livrar de ser malhado.

Cruzeiro - Rudnei – Em tese, Rudnei nem tem tanta culpa de estar no Cruzeiro. Neste caso, a culpa é de quem pediu sua contratação: o técnico Vagner Mancini. Rudnei é limitado para atuar com a camisa Celeste e a torcida sabe disso, tanto que ele é o “judas” do momento na Toca da Raposa.

Figueirense – Héber – Ele teve a perna quebrada recentemente, mas nem assim a torcida do Figueirense teve dó. Muitos desejam que ele nem volte mais a atuar pelo clube, tamanha é a insatisfação com Héber. A situação realmente é ruim para o jogador.

Flamengo – Deivid – Desde sua contratação os torcedores do Flamengo já olharam torto para o camisa 9 da Gávea. Depois do gol perdido diante do Vasco, na semifinal da Taça Guanabara, a situação ficou ainda pior. Agora, com a situação do time, Deivid está de novo no centro do alvo.

Fluminense - Ricardo Berna – É reserva do Fluminense, mas os torcedores do Tricolro querem ver ele bem longe das Laranjeiras. O goleiro não é ídolo, mesmo sendo criado na base. Quando entra abusa dos erros e isso aumenta a vontade da torcida em malha-lo. Pronto. Eis que chega o sábado de aleluia.

Grêmio - Marco Antônio – Chegou como substituto de Douglas, mas é um dos mais odiados pela torcida gremista. Já era visto com desconfiança pelos torcedores, mas o erro do pênalti na semifinal do primeiro turno do Gaúcho, que custou a eliminação do time foi a gota d’água.

Internacional – Nei – Não tem um jogo que a torcida do Inter não xingue o lateral. Ele pode ter marcado cinco gols que vai ser vaiado. Na verdade, as broncas dos torcedores se dão por conta da “falta de entrega” de Nei, como os próprios fanáticos do Colorado gostam de pontuar.

Náutico - Eduardo Ramos – O meia é tratado com ódio pelos torcedores do Timbu. Primeiro por ele já ter defendido o Sport. Segundo por ele ter se envolvido em uma polêmica no Estadual de 2011 justamente frente ao rival e terceiro por ter atirado uma garrafa contra os torcedores. É a hora da desforra!

Palmeiras – Valdívia - foto - Mais uma vez o Mago é protagonista de uma suposta "crise" do Palmeiras.
Desde que retornou ao clube, o chileno vem fazendo de tudo, menos jogando futebol. Em vez de gols e títulos, Valdívia vem colecionando lesões e polêmicas extra-campo. Pode ser que ele não tenha grande porcentagem de culpa, mas um pouco mais de dedicação e suor com a camisa, que já foi vestida por Ademir da Guia, não faz mal pra ninguém. Chileno ou Chinelo? A torcida decide!

Ponte Preta – Lauro – Antes ídolo por conta de um gol de cabeça, agora, vilão por conta de gols de cabeça. Isso mesmo. Lauro marcou um gol de cabeça diante do Flamengo no empate por 1 a 1, em um Brasileirão, mas isso ficou no passado. No presente, Lauro tem como principal deficiência a saída do gol. Tem sofrido constantes gols em bolas alçadas em sua área. É um nato “caçador de borboletas”, da melhor escola Sérgio, ex-Palmeiras.

Portuguesa – Guilherme – O amor acabou. A Barcelusa ficou no passado e os gritos de incentivo passaram a ser gritos de cobrança. “Ei, Guilherme, vai tomar no c*”, foi o grito mais ouvido no último jogo da Lusa no Canindé. Antes na mira do Corinthians, agora o jogador vive uma à sombra do fracasso no time da zona norte de São Paulo. Mas que fique claro, ele não é único culpado. A torcida sabe disso.

Santos – Durval – foto - O Peixe tem o melhor elenco do futebol brasileiro, mas um jogador destoa entre eles: o zagueiro Durval. Cada vez que ele pega na bola a torcida sente calafrios na espinha dorsal. Durval é tido para os torcedores como “caneludo”, “brutucu”, mas que está no meio de craques que fazem a diferença. A final do Mundial contra o Barcelona deixou claro que Durval é tido como vilão, pois falhou e comprometeu o Peixe.

São Paulo – Piris – Se tem um jogador que o torcedor do São Paulo quer ver longe do Morumbi esse cara é o lateral paraguaio Piris. Contratado com status de jogador de seleção, Piris não rendeu o esperado. Querendo atacar a todo instante, o jogador errou bastante, deixou os torcedores revoltados e, ainda, deixou claro que não merece estar no elenco do Tricolor.

Sport - Diogo Oliveira – Vindo do Fluminense como grande promessa para o Sport, o jogador não caiu nas graças do torcedor. Basta ele pisar no gramado da Ilha do Retiro para as cobranças começarem. Ele erra um passe e já se ouve um xingamento. Se pudessem, a torcida do Sport pegava Diogo Oliveira, colocaria dentro do avião e o mandava de volta ao Rio de Janeiro.

Vasco da Gama – Alecsandro – Este é apontado por muitos no Gigante da Colina como responsável pelos fracassos. “Cone Maldito” é o apelido preferido dos torcedores vascaínos para falarem de Alecsandro. O atacante faz gols, mas quando desanda errar deixa todos lamentando por várias semanas. Se ele for cobrar pênalti, já é praticamente certeza de que vai errar. Então, um boneco de judas pra ele e malhem.

 
Agência Futebol Interior
 
Compartilhe


 Veja Mais 
Listar todas
Quem Somos
|
Fale Conosco
|
Expediente
|
Anuncie no FI
|
Política de Privacidade e Uso
|
Anunciantes
© Copyright 1999-20102 Futebol Interior - Todos os direitos reservados