Paulista
A1
A2
A3

Copa das Confederações: Seleção treina com o nome do antigo patrocinador coberto por fitas

A CBF também já informou que está providenciando novos uniformes

Publicado na quarta-feira,
12 de junho de 2013

Goiânia, GO, 12 (AFI) - Um dia depois de treinar com uniformes exibindo ainda o logotipo da Seara, mesmo depois de a CBF ter rompido oficialmente o contrato com a empresa, a seleção brasileira trabalhou na manhã desta quarta-feira, em Goiânia, com o nome do antigo patrocinador coberto por fitas.

 Confira! 

Na última segunda, os jogadores treinaram ainda com o nome da empresa exibida na parte de trás das camisas e coletes. E, como ainda não houve tempo hábil para a utilização de novos uniformes de treino sem a presença do logo da Seara, a solução foi improvisar na atividade desta quarta, pois a CBF já não tem direito e nem interesse de expor a marca com o fim do contrato de patrocínio entre as partes.

Além do rompimento com a Seara, que pertencia ao grupo Marfrig, foi vendida agora ao JBS e deixou de fazer pagamentos por enfrentar dificuldades financeiras, a CBF firmou um contrato com um concorrente da empresa, a Sadia, do grupo BFR, em acordo anunciado na segunda-feira.

A CBF também já informou que está providenciando novos uniformes de treino para a seleção, sem o antigo patrocinador. Estes deverão ser utilizados a partir dos treinos em Brasília, para onde a delegação viaja no início da tarde desta quarta.

Na capital federal, o Brasil fará o jogo de abertura da Copa das Confederações neste sábado, às 16 horas, contra o Japão. O confronto irá abrir o Grupo A da competição. Depois de encarar os japoneses, os brasileiros voltarão a campo na próxima quarta-feira, contra o México, em Fortaleza, antes de terminarem a primeira fase do torneio contra a Itália, no dia 22, em Salvador.

 
 
Agência Estado
 
Compartilhe


 Veja Mais 
Listar todas
Quem Somos
|
Fale Conosco
|
Expediente
|
Anuncie no FI
|
Política de Privacidade e Uso
|
Anunciantes
© Copyright 1999-20102 Futebol Interior - Todos os direitos reservados