Paulista
A1
A2
A3

DF: Gama e Brasiliense se preparam para o clássico Verde-Amarelo número 41

Será o clássico Verde-Amarelo de número 41. Este ano, no primeiro turno as duas equipes empataram, por 0 a 0, no Estádio Serejão, dia 19 de janeiro

Publicado na terça-feira,
15 de fevereiro de 2011

Brasília, DF, 15 (AFI) - No próximo sábado, acontece o clássico entre Gama e Brasiliense, às 17 horas no Estádio Bezerrão, na cidade satélite do Gama. O alviverde candango, comandado por Heriberto da Cunha, receberá o seu arquirrival Brasiliense, de Reinaldo Gueldini.

Será o clássico Verde-Amarelo de número 41. Este ano, no primeiro turno as duas equipes empataram, por 0 a 0, no Estádio Serejão, dia 19 de janeiro. Com 18 pontos e líder isolado, o Brasiliense está a quatro pontos de se garantir matematicamente no Quadrangular Final.

Já o Gama, com 13 pontos e vice-lider da competição, quer diminuir a distância para o líder, pois vencendo ao Brasiliense, ficaria a três pontos da ponta da tabela.

No Brasiliense, a preocupação é com o julgamento do volante Ferrugem, expulso diante do Ceilândia. Um dos destaques do Brasiliense poderá ser punido com até três jogos. O julgamento acontece na noite desta terça-feira.

No Gama, Heriberto da Cunha conta com a volta de Bachin que já atuou diante do Ceilandense, inclusive marcando um gol. A dupla de ataque do alviverde candango deverá ser formada por Bachin e o artilheiro da competição, Fábio Silva que tem cinco gols marcados. O novo reforço gamense é o meia atacante Diogo Kronhardt, vindo da Chapecoense.

A história do clássico candango!
A primeira edição do maior clássico candango aconteceu em 2001, quando o Brasiliense enfrentou o Gama no Mané Garrincha, vencendo por 3 a 1. Quem comandava o alviverde era o técnico Wanderley Paiva. A partida foi disputada no dia 18 de fevereiro, pelo Candangão daquele ano. O gol do Gama foi marcado por Carlos Alberto. Já Weldon, Rodrigo Jaú e Alan fizeram os gols do Brasiliense.

O Gama formou com: Fernando; Paulo Henrique, Zé Carlos, Nen e Cacá; Deda, Kabila (Wesley), Maninho e Rodriguinho; Carlos Alberto (Munayer) e Mario Zan (Abimael). Técnico: Wanderley Paiva.

O Brasiliense venceu com: Alex (Nei); Wellington, Alan, Zezé e Juninho (Gilson); Sidnei, Valdenir, Gustavo e Rodrigo Jaú (Otávio); Weldon e Ciro. Técnico: Joãozinho. Público: 1.485 pagantes, para uma renda de R$ 2.314,00.

Os números do confronto!
As duas equipes já se enfrentaram por 40 vezes. Aconteceram 13 vitórias do Gama, 14 vitórias do Brasiliense e 13 empates. O Gama marcou 42 gols, contra 49 marcados pelo Brasiliense.

A última vitória do Gama foi no dia 31 de janeiro de 2010, 3 a 1, no Estádio Bezerrão, com gols Kabrine, Keké e Ferrugem. Iranildo descontou para o Brasiliense.

A última vitória do Brasiliense foi em 7 de março de 2010, 2 a 0 no Serejão, com gols de Vanderlei e Iranildo.

 
Agência Futebol Interior
 
Compartilhe


 Veja Mais 
Listar todas
Quem Somos
|
Fale Conosco
|
Expediente
|
Anuncie no FI
|
Política de Privacidade e Uso
|
Anunciantes
© Copyright 1999-20102 Futebol Interior - Todos os direitos reservados